domingo, 11 de abril de 2010

Prosseguindo com firmeza

Há algum tempo eu e marido participamos de alguns conjuntos de louvor na igreja, os quais eu ensaiava, já que sou formada em música. Por alguns anos participamos  de um quarteto (ele cantando, eu ensaiando e fazendo o acompanhamento instrumental). O quarteto é um grupamento vocal masculino com 4 vozes, 1º e 2º tenor, barítono e baixo, da mais aguda para a mais grave. Agora estamos, eu e Claudio,  ambos nos dedicando à música instrumental.
Mas, quando participamos de um quarteto, o barítono na formação original era o sr. Manoel Pena, também professor como eu e apreciador da música religiosa, principalmente da música tradicional adventista.
O Pena, como o chamamos, já naquela época dirigia um outro quarteto - o Musicel. Ficamos ontem sabendo que o quarteto Musicel, cujo nome vem de Música Celeste, antiga canção dos Arautos do Rei, foi fundado há 38 anos pelo nosso antigo barítono, que está presente desde a formação inicial!
Tivemos ontem na nossa igreja a comemoração do aniversário desse quarteto, do qual em outras  formações participaram  alguns cantores da família  Pena e vários outros amigos, inclusive o irmão João Santos, primeiro tenor, falecido recentemente. Soube também que houve um Grupo Masculino com mais vozes também chamado Musicel, e daí se originou o nome atual. 
Agora estão cantando com o irmão Pena o primeiro tenor Admilson, o segundo tenor Edvaldo e o baixo Fernando, que contou ontem como passou a frequentar nossa igreja, após ter participado de uma outra orientação religiosa por longos anos, e de como orou no pátio da igreja, quando ainda havia árvores ali, pedindo a direção divina em suas decisões,  na companhia do fundador do quarteto, numa noite há quase 40 anos.
Na parte da manhã, o quarteto participou com suas canções, que lembram a primeira fase do grupo de cantores Arautos do Rei, na Escola Sabatina (momento de estudo da Bíblia em classes ) e no culto.
À tarde apresentaram uma linda mensagem, com canções em quarteto e com encenação da qual participaram muitos amigos vestindo  a caracterização de herois da Bíblia, como Adão, Abraão, José, Daniel...
Lembraram que esses heróis - como diz o capítulo 11 da carta de Paulo aos Hebreus,  após citar grandes personagens da história sagrada - foram aprovados por Deus porque creram. Mencionaram também o conselho do início do capítulo 12: "Assim nós temos essa grande multidão de testemunhas ao nosso redor. Portanto deixemos de lado tudo o que nos atrapalha  (...)e continuemos a correr, sem desanimar, a corrida marcada para nós."
Uma das canções que a congregação cantou ontem foi o hino "Não desistir" ( "Não desistir, Cristo vem logo...")- que muito bem nos lembra a mensagem desse grupo para nós. Em nossos objetivos, quer no trabalho, quer nos estudos, nos esportes, na família, ou na experiência religiosa, vamos lembrar desse belo exemplo de perseverança e fé.

Um comentário:

  1. Que maravilhoso trabalhas com música! Eu estou me escabelando de vontade de aprender a tocar piano!!!! Estabeleci um prazo e ei de encontrar uma maneira de me dedicar a isso. A música é o mais forte instrumento de propagação do evangelho em minha opinião. Bem, vou indo. Passe nos meus blogs quando quiser! Beijos.

    ResponderExcluir