segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Falando sobre amigas

amigas

Em um determinado site há um jogo de perguntas e respostas e uma das perguntas que tive de responder outro dia foi "Qual a melhor lembrança que tem de X?" X é uma amiga virtual, com quem falo quase todos os dias, e uma das lembranças que tenho sobre ela é de como a encontrei na internet. Nesta postagem estou contando a vocês como encontrei essa e outras amigas. Vou citar o nome das amigas. Caso se sintam incomodadas, eu retiro seus nomes.
A Lauziene, de Vila Velha,  encontrei numa comunidade de amigos da igreja adventista na internet. Encontrei vários amigos lá,  mas é com a Lauziene que continuo a conversar sempre. Gostei da foto de perfil, em que aparecia com o que chamei de " sorriso enigmático". Acompanhando o sorriso está uma pessoa muito amiga, competente na profissão dela, sensível, dedicada à música na igreja e que tem como hobby recente a fotografia.  Falo com ela por muitos meios virtuais: email, sites de relacionamento, e teclamos quase todos os dias no msn. Ela participa de um blog, mas, como não é um blog pessoal,  lá eu apenas deixo alguns comentários ocasionalmente.
A Anamaria, de Joinville agora, foi minha colega no ginásio (atual ensino fundamental 2) e reencontrei num fórum da comunidade do colégio Instituto de Educação em Porto Alegre. O Instituto era um colégio considerado padrão no ensino na época em que fiz o ginásio e todos os colegas que responderam nesse fórum tiveram carreiras profissionais brilhantíssimas. Recentemente se reuniram algumas dessas colegas no mesmo cenário do colégio e tiraram algumas fotos. Infelizmente essa visita não coincidiu com minha estada em Porto Alegre, mas amei as fotos. Também sempre falo com a Anamaria, mando recados em sites, presentes no Colheita Feliz (jogo virtual) e já mandei algumas fotos da minha família e também vi as da família dela.
Da Rilvacy, de Vitória, já contei o relato de meu primeiro relacionamento com ela através de cartas (pelo Correio) depois de achá-la numa coluna da Revista Adventista, onde as pessoas buscavam amigos por correspondência e de nosso reencontro recente. Foi, aliás, a Lauziene quem me ajudou a achá-la. E eu a conhecia pessoalmente e não sabia quem era. Ela é mãe de um médico que à época fazia residência na minha cidade, de forma que às vezes ela frequentava minha igreja. Falei com ela, que se lembrou de nossa correspondência e até achou uma foto minha da época. Agora trocamos mensagens via internet.
A Cida encontrei no site "Coisa de Adolescente", onde comentei uma vez. Daí para cá são comentários de ambas as partes no blog dela, o Compartilhando bênção (e também agora no Recanto das mamães blogueiras),  e no Viver. Graças a ela, encontrei muitas amigas blogueiras, a Vania, a Ellen, a Gil, a Nayara, a Lidiane, a Tarci.
A Cassi foi minha primeira "seguidora" do blog. E a primeira a comentar. Lembro que achei interessante ela ser quase na mesma cidade que eu, morando próximo a Porto Alegre, ser ainda da mesma área de trabalho, e frequentar a mesma igreja. Passei a seguir seu blog Pensamentos de viagem.  E qualquer dia vou ler o outro blog dela.

A Haydee, do interior paulista, encontrei em Caldas Novas, no Hotel e na igreja. Tiramos foto juntas nessa ocasião e trocamos emails. 
A Ana chegou na mesma época que eu em Brasília, moramos no mesmo bloco de apartamentos e trabalhamos na mesma empresa por algum tempo.
A Ellen B.  troca emails comigo e posso visitar quando vou a Porto Alegre - ela atravessava comigo o Parque da Redenção (bons tempos aqueles) para irmos à faculdade.
A Martha é um caso diferente, conheci-a como secretária. Veio do nordeste para trabalhar em Brasília, mas a vaga já estava ocupada quando chegou. Então já ia retornando quando a achei. Acompanhou minhas crianças por mais de vinte anos. E agora, que é  minha amiga, está acompanhando minha mãe no Rio Grande do Sul, função para a qual se apresentou voluntariamente, pois já a conhecia de algumas visitas (e tem a família dela no estado natal, com filhos formados e um deles já casado, os pais e irmãos!).  

E há outros amigos e amigas,dos quais falarei em outra ocasião.
A amizade é irmã do amor. A amizade, portanto, vem de Deus. Vamos cultivá-la com sinceridade.
Cada amizade sincera que fazemos faz parte também de nossa vida cristã. 

6 comentários:

  1. Que lindo Celina!
    Nossa, até eu entrei no embalo...rsrs...que honra!!!
    Você é uma pessoa muito delicada, humilde e amiga realmente.

    Beijos e amei saber um pouco mais de você, das suas experiências.

    Um beijoooooo.

    ResponderExcluir
  2. Olá Celina, gostei de ver meu nome alí, você é uma pessoa muito querida!
    Vou deixar um versículo aqui:
    'O olhar de amigo alegra ao coração; as boas-novas fortalecem até os ossos'.Provérbios 15:30

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Que lindo Celina.
    Me emocionei ao encontrar-me na sua postagem.
    Gosto de ler o que escreve e fazer parte das suas memórias...
    bsj com bençãos!!!
    Haydée

    ResponderExcluir
  4. Oi Celina
    Gostei da frase: "a amizade é irmã do amor. A amizade vem de Deus. Vamos cultivá-la com sinceridade". Que Deus te abençoe sempre. Sou a tia de Tarci. Fica com Deus

    ResponderExcluir
  5. Ei Celina!!
    ADOREIIIIIIIIIIIIIIIII o texto..e me senti muito HONRADA de estar fazendo parte do seu "HALL de AMIGOS!!"..realmente foi uma simpatia ÙNICA que nos une até agora...
    Diferenças de LUGAR, IDADE,SITUAÇãO..NADA disso faz com que a nossa amizade desfaleça..e quero continuar sendo sua amiga PELO MENOS até JESUS VOLTAR!!kkkkkkkkkkkkkkk
    bjssss e fica com Deus!!
    Brigadão por TUDO!

    Lauziene

    ResponderExcluir
  6. Olá querida amiga Celina,
    Graça e Paz!!!!
    Gostaria de ter mais tempo para dedicar as minhas amigas de blog, sempre postar em seus lindos artigos. Mas tem sido dias dificeis de muito trabalho, muita correria.
    Mas enfim, hj estou aqui para dizer que sua presença em meu blog é SEMPRE muito edificante, me deixa muito feliz.
    VC É MUITO ESPECIAL.

    Vou deixar um trecho da cançao do CD AMIGAS (FERNANDA BRUM).

    Amigo é muito mais
    Do que alguém pra conversar, alguém pra abraçar
    Amigo é uma bênção
    Que vem do coração de Deus pra gente cuidar
    É assim que você é pra mim
    Como uma pérola que eu mergulhei pra encontrar
    É assim que você é pra mim
    Um tesouro, que pra sempre eu vou guardar

    beijos
    Suely

    ResponderExcluir