quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Momentos especiais

Esta postagem é para os amigos da IASD Gama relembrarem os momentos em que adoramos juntos no último ano, desejando novos cultos especiais em que estejamos novamente adorando ao Senhor neste novo anoSão fragmentos de textos publicados no blog no ano de 2010.


Mensagem de Páscoa
Quando ontem à noite retornei de minha igreja, a IASD Central do Gama-DF, onde foi apresentada uma cantata de Páscoa, com representação bem sintética da última semana da vida de Cristo, abri meus emails e encontrei uma mensagem (...)
Vejam agora algumas fotos do louvor e da cantata de Páscoa.

Louvor

- grupo instrumental - cantores








Encenação 










Jesus crucificado                                                  Jesus após a ressurreição


Prosseguindo com firmeza


Há algum tempo eu e marido participamos de alguns conjuntos de louvor na igreja, os quais eu ensaiava, já que sou formada em música. Por alguns anos participamos de um quarteto (ele cantando, eu ensaiando e fazendo o acompanhamento instrumental). O quarteto é um grupamento vocal masculino com 4 vozes, 1º e 2º tenor, barítono e baixo, da mais aguda para a mais grave. Agora estamos, eu e Claudio, ambos nos dedicando à música instrumental.
Mas, quando participamos de um quarteto, o barítono na formação original era o sr. Manoel Pena, também professor como eu e apreciador da música religiosa, principalmente da música tradicional adventista.
O Pena, como o chamamos, já naquela época dirigia um outro quarteto - o Musicel. Ficamos ontem sabendo que o quarteto Musicel, cujo nome vem de Música Celeste, antiga canção dos Arautos do Rei, foi fundado há 38 anos pelo nosso antigo barítono, que está presente desde a formação inicial!
Tivemos ontem na nossa igreja a comemoração do aniversário desse quarteto, do qual em outras formações participaram alguns cantores da família Pena e vários outros amigos, inclusive o irmão João Santos, primeiro tenor, falecido recentemente. Soube também que houve um Grupo Masculino com mais vozes também chamado Musicel, e daí se originou o nome atual.

Juntos adoremos e louvemos
Creio que todos nós já estivemos presentes em eventos destinados ao louvor, muitas vezes chamados de festivais de música sacra. Por vezes, esses eventos tornam-se cansativos para a congregação que assiste, devido ao longo tempo de apresentações sem nenhuma participação daqueles que assistem, buscando louvor.
Estou participando de uma experiência diferente, juntamente com a banda de nossa igreja (chama-se banda porque reúne instrumentos sinfônicos com instrumentos eletrônicos atuais e mesmo com instrumentos percussivos - pratos, cajon, triângulo, carrilhão...) Em lugar de alguns produzirem a música sacra e outros assistirem a ela, surgiu a ideia de que todos participassem do louvor, inclusive sem divisão física entre dirigentes e participantes.
Assim, nessa programação, idealizada por nosso maestro Samuel, a banda fica no meio da nave da igreja, o grupo de louvor e a congregação assentam-se junto aos instrumentos, pois os bancos são dispostos em forma circular.
A primeira dessas programações é sobre a Alegria, como fruto do Espírito Santo. Inicia com uma Prece, cantada em solo, único solo da programação e imediatamente seguido da participação em coro de todos, na mesma música, apresentando a resposta de Deus à Prece. Segue-se um hino em meditação: "Bem junto a Cristo", com um solo instrumental, unido-se em louvor a congregação na segunda estrofe: Oh! lar eterno, lar de esplendor, lá estarei junto ao bom Salvador."
O culto evolui do clima de recolhimento para o de alegria através de músicas como "Eu só quero estar onde estás", "Hoje é tempo de louvar a Deus", "Cada novo dia", "Descansar", "Meu refúgio" e"Louvai a Deus", este um de meus hinos preferidos, que mostra Deus como "maestro do céu e do mar" a quem cantamos com alegria. E, lembramos, Deus deve ser o maestro de nossas vidas.




Oferta de louvor
Ela é apenas um pouco mais crescida que uma menina, a Bárbara. É cristã evangélica desde a infância e recentemente passou a frequentar a minha igreja junto com a mãe e a irmãzinha. Ouvindo falar do festival de música sacra adventista - FEMUSA, cresceu em seu coração o desejo de participar com uma oferta: uma canção composta por ela exatamente sobre o tema do congresso -Breve no Lar.
Foi um outro jovem talentoso, o Rafael, que multiplicou a música pelo número de músicos da orquestra com um arranjo muito especial (e eu ganhei uma parte com notas musicais, justamente como prefiro, pois sou habituada a elas - e não às cifras - desde os nove anos).
 

Grupo de louvor e orquestra no FEMUSA

Um comentário:

  1. Oi amiga!
    Que legal essa postagem, tenho certeza que os irmãos da IASD Gama que passarem por aqui pra conferir irão gostar.
    Gosto muito quando você nos conta as programações que a sua congregação tem feito.
    Beijnhos amada.

    ResponderExcluir