quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Recordando: Gratidão

O sentimento de gratidão a Deus é um dos mais lindos que podemos ter, reconhecendo que o Senhor é nosso Criador e mantenedor e que dEle nos vêm todas as bênçãos.
O último post que vou reprisar neste mês de aniversário fala exatamente da gratidão que uma senhora cristã demonstrou, rendendo a Deus um culto de gratidão por ter-lhe mantido em vida durante uma séria enfermidade, da qual está se recuperando ainda. Foi postado originalmente em 18 de setembro deste ano e quem o escolheu foi a amiga  Clécia, do blog Firmada no Senhor (http://firmadosnosenhor.blogspot.com.br/) e de Lidiane, de Floresça onde está plantada (http://jesusmeumodelo.blogspot.com.br/).
Amanhã devo divulgar o resultado do sorteio entre as participantes da promoção do mês de aniversário deste blog.

Gratidão
Vou chamá-la de Maria. Ela é mais jovem que eu, uma senhora no início da meia idade. Em maio encontrei-a na igreja um pouco  antes do culto e a cumprimentei.
Nesse mesmo dia, no final da tarde, tive a notícia de que estava no hospital, pois tivera um problema de saúde muito grave logo após o meio-dia. Não vimos a Maria por algum tempo. Soubemos, entretanto, das notícias e oramos muito por ela.
Foi detectado um mal no  cérebro de Maria e era necessária uma cirurgia urgente. Foram receitados alguns medicamentos e depois ela foi hospitalizada para aguardar o momento da intervenção. Ela cantava num grupo musical e as próximas participações desse grupo foram sem a presença dela. Num festival de música sacra, antes de se apresentarem, leram uma carta de Maria para a igreja, agradecendo as orações.
A intervenção foi feita, durou nove horas e começou a recuperação.
Agora, três meses passados, Maria externou o desejo de agradecer pelo que Deus já fez por ela e foi programado um culto de agradecimento, em que ela pôde cantar com seu grupo novamente, embora amparada pelos colegas, e ouvir o sermão, que a encorajou a continuar firme esperando no Senhor.
Houve um momento emocionante em que nossa irmã Maria foi ungida pelo pastor, com óleo que representa o Espírito Santo, enquanto ele orava pelo restabelecimento da saúde dela.
Maria havia combinado que cantaria apenas a última música, mas fez questão de cantar todas as músicas apresentadas pelo grupo musical.
Também apresentou seu testemunho, contando o que acontecera nesses últimos quatro meses. Falou no decorrer desse testemunho que sentiu sempre a presença de Deus e dos anjos com ela nos momentos de sofrimento.
Um dos versos mencionados pelo pastor no sermão foi "Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti." (Isaías 43:2)
Que tenhamos essa confiança na ação de Deus em nossa vida e  que tenhamos esse desejo de agradecer aquilo que faz por nós.


Um comentário:

  1. A propósito, a protagonista deste artigo, Maria, como a estamos chamando, continua cantando nas apresentações de seu grupo vocal, embora tenha sido submetida recentemente a uma nova cirurgia. Está a cada dia sentindo que sua saúde tem sido restabelecida e por isso está sempre muito grata a Deus.
    Celina

    ResponderExcluir