sábado, 3 de agosto de 2013

Aprender a andar de bicicleta

Há aproximadamente vinte anos, quando minha irmã ainda era solteira, veio me visitar na cidade em que moro e observou que havia uma área livre bastante grande na frente de nossa casa e quase sem movimento de trânsito. Vendo uma bicicleta de meu filho, teve a ideia de andar de bicicleta, o que não aprendera na infância.
Meu filho a empurrou por algum tempo e ela conseguiu sair pedalando. Lembrei desta história hoje, quando li a reflexão no livro "Meditação da mulher - Renova-me". A autora da reflexão para o dia de hoje - Erika Loudermill-Webb - conta exatamente duas histórias sobre aprender a andar de bicicleta. Narra que quando criança conseguiu ensinar em alguns minutos a irmã mais nova, que, pensando que ela ainda estava empurrando a bicicleta, saiu correndo pedalando, num momento em que a narradora parou para respirar. A segunda experiência não foi exitosa, pois a filha da mesma autora, a todo o momento colocava o pé no chão, sem confiança para prosseguir, embora a mãe a estivesse segurando e empurrando a bicicleta.
A lição que retiramos daí é que necessitamos confiar para prosseguir a andar. Isso é válido para a criança que aprende a andar e para nós quando aprendemos a dirigir um automóvel, andar sobre uma árvore ou a pedalar uma bicicleta.
Também se aplica aos momentos em que temos dificuldades e dúvidas. Podemos prosseguir se confiamos em nosso Pai celestial, sabendo que Ele nos segura nos momentos de dificuldade e nos ajuda a prosseguir para o alvo.


2 comentários:

  1. Olá Celina
    Reflexão muito edificante. É maravilhoso saber que o nosso Pai Celestial nos ajuda a prosseguir. Bjs querida.

    ResponderExcluir
  2. Linda meditação.
    É verdade, precisamos confiar no Senhor para poder seguir "pedalando a nossa bicicleta", crendo que não iremos cair, pois Ele nos sustenta.
    Beijos amiga.

    ResponderExcluir