quarta-feira, 19 de março de 2014

Internet e solidão


Escrevi ontem num outro blog -A internet e eu - sobre os motivos pelos quais usamos a internet, do ponto de vista da comunicação: para nos expressarmos, para informar, para atingir um público leitor ou consumidor  no caso de um comunicador ou empresário, para mostrar uma imagem ou um texto agradável, para falar sobre a própria internet,   ou para testarmos o canal de comunicação, simplesmente dando uma olhada na rede social que usamos.
Quero me deter na função que tem a internet de suprir a falta de uma companhia ou de uma voz amiga.
Hoje há muitas pessoas que vivem solitárias - jovens que ainda não constituíram família, ou pessoas de meia idade e idosos viúvos ou separados. Para essas pessoas, a internet muitas vezes é a única forma de comunicação em muitos dias ou em muitas noites. A função que a internet cumpre nesse caso é de companhia ou de apoio, para suprir a solidão. Neste caso, olhar as notícias do mundo ou dos amigos e familiares distantes, ou talvez fazer um pequeno comentário substitui uma companhia.
Também há pessoas que vivem com suas famílias mas que não interagem com as pessoas a sua volta. É fácil ver que muitos filhos não contam para os pais o que acontece na escola ou mesmo na vizinhança ou que muitos esposos não contam para as esposas - ou vice-versa - o que observaram ou o que conversaram com alguém. Há várias charges explorando esse assunto, como a da família sentada no sofá assistindo à TV e usando a internet em vários celulares.
Nesse sentido, a internet, termina se tornando uma forma de companhia também para essas pessoas acompanhadas e sozinhas ao mesmo tempo.
Assim, utilizar a internet pode nos unir às pessoas e pode também nos separar. Pode ser consequência da solidão e também pode causar solidão.
A internet pode ser um meio de combater a solidão, mas quero deixar esta mensagem: mais do que a internet, que é apenas um instrumento,  a amizade nos faz sentir junto com alguém, mesmo que este alguém esteja distante. Podemos ter amigos com os quais falamos pelo telefone ou pela internet, mas vamos ter amigos.
Acima de tudo, vamos cultivar a amizade com nosso Deus e Salvador - e para conversar com  o Senhor não precisamos de internet ou de telefone - basta orar e ler as mensagens que nos deixou na sua Palavra.



2 comentários:

  1. Oi Celina!
    É verdade, a internet tem o lado bom, mas também o lado ruim.
    Devemos usar o bom censo e ter equilíbrio pra que o computador não roube as oportunidades de termos amigos reais, convivência em família, etc.
    E que tenhamos cuidado pra não ficar com o tempo pra Deus em segundo plano.
    Beijos amiga e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  2. Olá Celina
    Mensagem muito importante, a internet tem os dois lados, que possamos usa-lá sabiamente. Bjs querida.

    ResponderExcluir