segunda-feira, 8 de agosto de 2016

A história de Majlinda

Apreciei ouvir pela TV a história de Majlinda Kelmendi, atleta judoca de Kosovo. 
Na última Olimpíada, lutou usando o quimono de um outro país da Europa Oriental, pois Kosovo, país que se originou da cisão da Iugoslávia, ainda não havia sido aceito pelo Comitê Olímpico Internacional.
Mas ela desejava competir ainda por Kosovo. Continuou treinando arduamente e teve agora a recompensa: além de competir por seu próprio país, já reconhecido pelo COI, obteve a medalha de ouro em Judô, na sua categoria.
Imagino como deve ser grande sua alegria. Kosovo, que tem pouquíssimos atletas na Olimpíada (tendo mais uma atleta registrado uma vitória hoje),  foi bem representado pela medalhista Majlinda. 
A dedicação ao esporte e a um país são feitos  que merecem elogio.





2 comentários:

  1. Bela história de garra! beijos, linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. Mais um post muito bom vejo aqui, Celina!
    Sensibilidade de coração ao descrever histórias de vidas...
    O meu carinho...

    ResponderExcluir