quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Procedimentos de fechamento





No início do mês de dezembro e ainda na semana de aniversário do blog, que inicou no final de novembro de 2009, estou republicando o post Procedimentos de fechamento, que lembra o final do ano.

Iniciamos hoje as provas do último bimestre. Esse é um dos últimos procedimentos do ano.
Como nas outras provas, observei que aproximadamente um terço dos alunos sequer pensa nas provas. Em vinte minutos conseguem resolver provas de matemática, química e geografia, isto é, assinam as provas e as entregam em branco, ou assinalam a folha de respostas ao deus-dará.
Já outros alunos se demoram mais. Mas fico pensando como esses alunos da meia hora serão num futuro próximo - pois já se encontram no ensino médio. Mudarão ou resolverão todas as coisas sem pensar e sem procurar esforçar-se? Espero que mudem. Interessante que quando propus às turmas que apresentassem pensamentos para o encerramento do ano, muitos citaram pensamentos como "Viva cada dia como se fosse o último." Isso me lembra Eclesiastes 9:10 -  "Tudo que te vier à mão para fazer, faze-o conforme tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma."  
Aqui em casa também estou acompanhando o Lucas nas provas do último bimestre. Ele estudou para as estas provas, mas precisará refazer a prova de português. Justamente a disciplina em que dou aula. Ele não conseguiu aprender pontuação. Vou tentar ensinar a ele que a pontuação na norma culta é ainda exigida, embora no msn os meninos não a usem.
Enquanto isso, a casa, como o condomínio, já recebeu enfeites que lembram o Natal. Fiquei feliz porque o Lucas conseguiu concluir que a estrela na porta simboliza a que indicou aos magos o caminho para Belém, e as trombetas lembram os anjos que anunciaram o nascimento de Jesus. Nessa área de compreensão de textos ele é muito bom, felizmente. Por isso, gosto de estudar a lição da Bíblia com ele.
Estamos nos preparando também para viajar e atravessar alguns estados, para estar com a bisavó e as tias e primos no Natal.
São os procedimentos de fechamento do ano.

5 comentários:

  1. Do nosso finzinho de férias, vendo o seu post tão significativo, Celina!
    A pressa anda "solta" na modernidade, realmente. Os valores verdadeiros têm sido desprezados, mas devemos conservar e insistir nos princípios de Deus, sem abrir mão deles! Sim, andar no moderno sem esquecer "coisinhas" tão valiosas do antigo, inclusive no português... Rsss... A gente vai se adaptando a high tech, porém vale demais perseverar na linguagem culta, erudita, regras da nossa língua...
    Um abração...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Celina! Vi os seus comentários por lá, obrigada.
      Enviei e-mail...
      Abraços

      Excluir
    2. Reenviei e-mail, não sei o q aconteceu!?
      Um abraço e boa 6a feira...

      Excluir
  2. Oi Celina!
    E mais um final de ano chegou... tantas coisas pra rever e fazer.
    Sobre os alunos, é sempre assim, os que capricham no início do ano, tem a sua recompensa ao final, os que não, infelizmente colherão os frutos amargos.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Olá Celina
    Gostei da postagem, desejo uma bela tarde querida.

    ResponderExcluir