segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Sobre a chuva

No ano de 2016, acompanhei um livro de reflexões para jovens, que tinha como tema a Olimpíada no Brasil.
Neste ano, conheci a Meditação da Mulher, escrita por mulheres do mundo todo para leitura por mulheres.
Hoje a reflexão falava sobre chuva e como tem havido tempestades em Porto Alegre e no Rio Grande do Sul, onde estou em férias, lembrei de compartilhar alguns fragmentos do texto de Yan Stew Chian:

" (...) todos os dias, quando minha amiga vai para o chuveiro, ela usa esse tempo como oportunidade para cantar hinos que louvam e engrandecem o nome de Deus. Às vezes, ela compõe cânticos para glorificá-lO.
Certa vez, quando essa amiga olhou pela janela da cozinha, viu o formato de uma ovelha nas nuvens. Ela sentiu que aquilo era um lembrete de Deus para ela, de que o Cordeiro que foi "morto desde a criação do mundo" (Ap. 13:8) está para voltar um dia, em breve, a fim de levá-a para o lar. Por vezes, minha amiga informa a Deus que tem roupa pendurada lá fora para secar - no caso de ser da vontade dEle segurar a chuva até eque ela possa recolher a roupa limpa limpa e seca. Ela conhece bem este texto: Portanto, irmãos, sejam pacientes até a vinda do Senhor. Vejam como o agricultor aguarda que a terra produza a preciosa colheita e como espera com paciência até virem as chuvas do outono e da primavera. (Tiago 5:7)
(...) Por meio de nossa ligação diária com Ele, Jesus nos envia a chuva temporã - por intermédio do Seu Santo Espírito - a fim de nos preparar para crescer e nos assemelhar a Ele no caráter. (...)
Agora é o tempo de nos aproximarmos de Jesus (...)"

Apreciei esta leitura: as nuvens lembrando a volta de Cristo, a chuva lembrando a espera pela Promessa, a chuva lembrando a purificação diária através do Espírito de Deus, que imprime em nós o caráter de Jesus. Bom pensar nas coisas do alto enquanto vemos o mundo a nossa volta.

 


5 comentários:

  1. Gostei muito da reflexão aqui, Celina. Quando temos intimidade com o Senhor, nossa visão e sentimentos têm uma dimensão maravilhosa... Ele se revela personalizadamente p cada filho...
    Boas férias... Bjs

    ResponderExcluir
  2. Interessante essa leitura e reflexão,Celina! Boas férias por lá! bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  3. Oi Celina te cinheci através da amiga Anete que tive a sorte de conhecer pessoalmente
    Gostei do seu cantinho estou terminando a leitura de um livro com o tema "Prepare-se para a chuva" q conta a história de uma ig q creu no Deus do impossível. Parabéns pelo blog e boas férias. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Celina!
    Que linda meditação.
    Toda a natureza proclama a glória de Deus!
    Beijos e feliz sábado!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Celina!

    Bem profunda essa reflexão. Vivemos esse tempo de espera. E que ele seja doce e fecundo. O texto tem uma espiritualidade poética, eve, mas como disse, profunda.

    Grande abraço

    ResponderExcluir