Histórias em 77 palavras 2




A banqueta

Eu acompanhava um órgão e devia servir para que minha dona se assentasse e tocasse harmonias. As partituras ficavam guardadas dentro de mim.
Quando mudamos para uma casa menor, ela precisou contentar-se com o teclado portátil e doou meu velho companheiro. Tornei-me suporte para a televisão; assisti a programas de variados estilos.

Finalmente aqui estou como floreira. Vejo o cuidado para que luz, ar e água sejam convenientes sobre as plantas que apoio. 

Numa delas nascem violetas brancas.

Celina Silva Pereira, 66 anos, Brasília, Brasil.

Desafio Escritiva nº 19 ― vidas passadas de objetos





Quero ir ao baile

- Fada madrinha amada , quero ir ao baile do príncipe. Cansei dessa vida de limpeza pesada todos os dias servindo à madrasta e tolerando minhas irmãs.
- Vou providenciar; consultei meus livros e aqui tem carruagem elegante, cocheiro uniformizado, lindos cavalos.
- Preciso também de um vestido.
- Aqui está: um vestido azul, bordado, rodado, de corte perfeito. Com sapatos de cristal.
- Só assim?
- Vamos dar um toque final: dando graça ao cinto, um crisântemo preso por um discreto alfinete azul-marinho.

Desafio nº 119 - Crisântemo e Alfinete.


Este é minha resposta ao desafio da escritora Margarida, do Blog das 77 palavras . Foi lido na RádioSim em 04.07.2017.


Último domingo


- Por que levantaste tão cedo hoje? – pergunta sonolento vovô para vovó.
Ela responde rápido lá da sala: - Estou ocupada aqui, já volto para o quarto.
Mais tarde, vovô encontra algumas violetas com flores em cima do armário e fica curioso sobre o que acontecera para elas deixarem a floreira.
Antes de perguntar alguma coisa, olha distraidamente o calendário. Era o último domingo do mês.
Vovó avisa: - Operação jardins suspensos! Os netinhos vêm aqui já, já!


Resposta ao Desafio 120 - Operação



Um vento


As flores estavam bonitas, vários botões se abrindo, gostava de olhar tudo e ver a beleza e tranquilidade. Mas aquilo ... A porta abriu-se de noite e entrou um vento, não um furacão, mas devastou o jardim.


Atingiu este fim de semana, os próximos, os passeios, a rotina, as redes sociais, almoços, trajetos costumeiros,  sorrisos.  Fotos apagadas, status mudados, fim da confiança, da esperança. Quem sabe novos rumos, pesquisas na internet, no trabalho, nas ruas, um novo olhar?
 Resposta ao Desafio 125 - Um tornado pequeno no jardim



A aliança

Tinha superado a insegurança e conseguira a compreensão do casal real. Sentiram firmeza em minha intenção e permitiram que entabulasse uma ligação entre nossos corações. Vitória!

Princesa, nosso amor atingiu o crescimento, embora atravessando momentos de cuidado. Juntos percorremos caminhadas felizes pelas pradarias floridas do reino e entabulamos doces conversas nos recantos do palácio.

Tu me atingiste com a flecha do desengano quando devolveste a aliança. Não mais repetirei no gesto a mesma firmeza, garbo e paixão.
 Desafio 118 - Associações de palavras

Abóbora
Talvez não saibas, mas há que respeitar certas regras. Saíste às nove da noite, recomendei que voltasses antes da uma. Meu projeto era para essa duração. Depois, chegar mais tarde é exagero. Há que repousar. Era a mim que tinhas de avisar qualquer mudança no combinado. Como fada madrinha, sou responsável pelo sucesso dessas saídas com príncipes e princesas da tua idade. Contudo, tu não obedeceste ao combinado. Por isso, o uber, às três horas, tornou-se abóbora.

Desafio nº 121 - 3 inícios de frase impostos

3 comentários: