domingo, 7 de novembro de 2010

Retrospecto - lições da Bíblia (1)

Desde criança aprecio as lições da Bíblia, que costumamos estudar todos os dias e recapitular aos sábados pela manhã. Alguns dos posts deste ano se dedicaram a comentários sobre as lições da Bíblia:

Das coisas loucas
(...) Indo ao assunto principal, diz o ditado popular: quem muito fala dá bom dia a cavalo. Vou contar a história de alguém que falou com uma mula.



Na minha igreja toda a semana estudamos uma lição da Bíblia. A lição desta semana, que está em Números 22, conta uma história de loucuras humanas:


Ao se aproximar da terra prometida, o povo de Israel dominou algumas nações que se opunham à sua caminhada. Uma dessas nações era Moabe, e seu rei era Balaque. Esse rei, temendo o povo de Deus, procurou um profeta do próprio povo de Israel para amaldiçoar Israel! É como se alguém buscasse um familiar nosso para fazer um feitiço contra a própria família.
 
Clique para ler a íntegra:
 
 
 
 
 
 
 
Das coisas loucas
 
 
Um pouco mais
Quando eu era criança, e estava perto do Natal, ficava contando os dias. Na véspera, quase não dormia, ansiosa para ver os presentes. O mesmo acontecia próximo ao meu aniversário. Agora, fico ansiosa quando se avizinha a viagem que costumo fazer no final do ano. A proximidade dos familiares, a troca de presentes, a própria viagem através do país me aprazem muito e passo bastante tempo almejando por essa ocasião.

Na lição da Bíblia que estamos estudando nesta semana, vemos o povo de Israel no último acampamento antes da terra prometida - terra para a qual viajava há mais de 40 anos - mas não tão ansioso para entrar nela.


Clique para ler a íntegra:









Um pouco mais


Segunda chance
Nesta época, nas escolas, temos a última chance: recuperação final para os alunos que não atingiram a nota mínima exigida para aprovação. Geralmente se deixam para trás todos os graus obtidos no ano e vale apenas esta última avaliação.

E são apenas alguns alunos, geralmente, que conseguem aproveitar a segunda chance.
Na lição da Bíblia que estudamos nesta semana, observamos o povo de Israel na segunda chance para entrar em Canaã, quarenta anos depois. Já sabemos que os últimos membros da primeira geração, exceto Josué e Calebe (exceções gloriosas), ficaram do outro lado do Jordão, em Sitim, na apostasia com adoração ao falso deus Baal Peor.
(...)

Por certo, Deus nos oferece também muitas oportunidades nesta vida para retomar o caminho a Canaã. Estamos ainda na vigência do tempo da graça. Se recordarmos também nossa história, lembraremos de como fomos chamados várias vezes por Deus. Lembrar nossa história nos serve de lembrança de erros e acertos, que devemos evitar ou repetir. Se erramos, vamos tentar outra vez. Ele nos dá nova chance.
Clique para ler a íntegra:
 
 
 
 
 
 
Segunda chance
 
Retorno com mais lições da Bíblia. Tenham uma semana muito boa!

2 comentários:

  1. Olá querida Celina!
    Que lindas postagens amiga.
    Eu não fico mais "ansiosa" pelo final do ano.
    A perda dos meus pais influenciou isso. Não faço já faz um tempinho planos. Até os cartões que eu mandava todos os anos não fiz mais. Claro que é uma época gostosa, temos uma filha e isso ajuda.

    Sobre a segunda chance, realmente, nem todos aproveitam...infelizmente.

    E as lições da bíblia sempre são maravilhosas.

    Um beijo e uma semana abençoada.

    ResponderExcluir
  2. Olá minha amiga!!!

    As liçoes da bíblia nos trazem conhecimento, fé e sabedoria.

    Edificante postagens!!!!

    Ah! Estarei viajando e ausente por uns dias, mas qdo retornar escreverei....

    Abençoada semana,
    beijos
    Suely

    ResponderExcluir