domingo, 20 de julho de 2014

Dia do Amigo


Recebi, a propósito do Dia do Amigo,  uma mensagem de uma antiga colega do curso ginasial que me reencontrou aqui na internet recentemente.
Assim, fui pesquisar e fiquei sabendo que em alguns países, como Brasil, Argentina e Uruguai, o dia 20 de julho, aniversário da chegada do homem na lua, é considerado Dia do Amigo.
A Assembleia das Nações Unidas convidou todos os países a partir de 2011 a comemorarem o Dia da Amizade anualmente em 30 de julho.
Assim, querida Anamaria, minha colega do ginásio,  que me dedicou a mensagem da imagem acima, e todos os amigos leitores dos meus blogs - que há alguns em alguns países -  desejo-lhes um feliz Dia do Amigo e compartilho com vocês todos a imagem que recebi!
"Amigo é o lado criança da gente nos chamando pra brincar."
Um abraço a todos, que a paz e a amizade reinem no mundo! 

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Meu dia de aniversário

Uma vez ao ano, podemos dizer que é nosso dia - o dia em que comemoramos nosso nascimento.
Neste ano, resolvemos sair nós três - Cláudio, Lucas (meu neto) e eu e passar o dia num lugar bem bonito. 
Assim, estivemos ao lado do rio Quente. É um rio de águas mornas que alimenta as piscinas de vários hotéis. No térreo do prédio de apartamentos em que estive, há um acesso para as margens do rio.
É um lugar aprazível, com muitas árvores, muito verde e  a delícia das águas. 
Ao longe se vê a Serra de Caldas. 
Perto fica um parque famoso, colorido e agradável, com diversão para todos. Estive na praia do Cerrado, que fica lá, andei de boia no Rio Preguiçoso, aqui chamado de Rio Lento, fiz hidroginástica numa piscina com a temperatura da água exatamente como gosto.
O lugar é lindo e torna agradáveis estes momentos, mas o que me fez mais alegre ontem foi estar junto com meus amados - esposo e neto. Também me alegrei à noite com as mensagens dos amigos que encontrei nas redes sociais em que estou inscrita.
Como estou grata por ter amigos que lembraram de mim e me saudaram neste dia!
Como estou grata a Deus por passar este dia em que comemorei a graça de mais um ano junto com minha família e num belo lugar -  presente do Criador!








terça-feira, 1 de julho de 2014

A canção de Eva


Retirei outro livro da biblioteca Hora Tranquila - A canção de Eva, de June Strong (CPB, Tatuí, São Paulo, 1998). Vou compartilhar mais esta história com vocês.
É uma alegoria, mesclando personagens bíblicos, como Adão, Eva, Enoque, Noé, com personagens fictícios que poderiam ter vivido à época. Shaina é a protagonista, cuja vida decorre à época dos primeiros patriarcas, quando, ainda na presença de  Adão e Eva, o mundo se dividiu entre os filhos de Deus e os filhos dos homens, que se voltavam contra os adoradores do Criador, para dizimá-los.
Shaina, na sua adolescência, conheceu o vale de Havilá, onde moravam seus avós e seu clã, todos adoradores de Deus e que esperavam o Prometido Libertador do pecado. Com seus avós e seu pai, foi ao vale do Éden, onde ainda morava o velho Adão com Eva, os primeiros humanos. Ali ouviu as palavras da Canção de Eva, canção de fé no Prometido Filho de Deus.  Viu a porta do antigo jardim, guardado por uma Luz.
Depois da destruição dos moradores de Havilá, Shaina acompanhou seu tio Adriel, agora viúvo e juntaram-se aos filhos de Deus que se refugiavam num outro vale, cujo líder era Enoque, seguidor fiel e profeta, que um dia foi arrebatado pelo seu grande Amigo, o Senhor que adorava.
Mais tarde Shaina casou com Adriel e foi a mãe da esposa de Noé, Nuvit. O livro termina com a família de Noé na arca, durante o dilúvio.
Linda leitura, é também uma advertência sobre a volta de Cristo.
"Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do homem."




















Leia também:









L