terça-feira, 14 de julho de 2015

San Antonio em minha casa

Houve um evento da minha igreja na cidade de San Antonio, Texas - a Conferência Geral, que se repete a cada 5 anos, com a reunião de delegados de todo o mundo.
Na última conferência, minha irmã esteve presente, pois o esposo dela era delegado e a família o acompanhou. Naquela ocasião, eu a entrevistei, conforme já publiquei aqui. Desta vez, não havia ninguém muito próximo no evento e eu estava procurando alguém de Brasília para entrevistar, quando fiquei sabendo que as reuniões do último sábado (ontem) seriam transmitidas pela TV e pela internet. É claro que tive o prazer de assisti-las. Já consegui alguém para entrevistar mas vou mostrar o que pude presenciar, mesmo à distância.
Pude presenciar, muita música, inclusive louvor congregacional impressionante, conduzido por uma enérgica líder de louvor, entrevistas, estudo da Bíblia e um belo sermão, conforme mostrei no outro blog (Evento em San Antonio - Texas ).




                                                                  Solo - Pai Nosso
Leitura bíblica compartilhada - em vários idiomas
 
                                 Louvor congregacional







                                                                Grande coral e orquestra


Além das fotos que consegui, via televisão Novo Tempo (nos Estados Unidos, Hope Channel), minha irmã mandou mais alguma, mostrando corais com roupas típicas, que se apresentaram um pouco antes que eu começasse a assistir à programação.


Por último, à tarde, já em minha igreja, tive a oportunidade de presenciar uma vídeo conferência em que foi entrevistado por um jovem líder local exatamente à minha frente um pastor em San Antonio, o qual foi eleito para participar da área de comunicação na direção mundial da igreja a partir de agora e que trabalhava anteriormente aqui na América do Sul, sendo membro da mesma igreja em que assisto.
Esse pastor falou de algumas decisões da reunião mundial, sobre uma escrita mais clara a respeito de nossa compreensão sobre o criacionismo e também sobre a família e deliberações sobre a manutenção de decisões centralizadas sobre a ordenação de pastoras.
Pensei em como evoluiu a tecnologia nos últimos decênios, a ponto de podermos assistir a um evento mundial de uma organização religiosa na nossa sala de estar e de presenciarmos uma entrevista realizada com um pastor a milhares de quilômetros de distância diretamente do auditório de nossa igreja. 
Assim, com tanta facilidade, também pode ser semeada a Palavra de Deus ao redor do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário