quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Procedimentos de fechamento





No início do mês de dezembro e ainda na semana de aniversário do blog, que inicou no final de novembro de 2009, estou republicando o post Procedimentos de fechamento, que lembra o final do ano.

Iniciamos hoje as provas do último bimestre. Esse é um dos últimos procedimentos do ano.
Como nas outras provas, observei que aproximadamente um terço dos alunos sequer pensa nas provas. Em vinte minutos conseguem resolver provas de matemática, química e geografia, isto é, assinam as provas e as entregam em branco, ou assinalam a folha de respostas ao deus-dará.
Já outros alunos se demoram mais. Mas fico pensando como esses alunos da meia hora serão num futuro próximo - pois já se encontram no ensino médio. Mudarão ou resolverão todas as coisas sem pensar e sem procurar esforçar-se? Espero que mudem. Interessante que quando propus às turmas que apresentassem pensamentos para o encerramento do ano, muitos citaram pensamentos como "Viva cada dia como se fosse o último." Isso me lembra Eclesiastes 9:10 -  "Tudo que te vier à mão para fazer, faze-o conforme tuas forças, porque no além, para onde tu vais, não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma."  
Aqui em casa também estou acompanhando o Lucas nas provas do último bimestre. Ele estudou para as estas provas, mas precisará refazer a prova de português. Justamente a disciplina em que dou aula. Ele não conseguiu aprender pontuação. Vou tentar ensinar a ele que a pontuação na norma culta é ainda exigida, embora no msn os meninos não a usem.
Enquanto isso, a casa, como o condomínio, já recebeu enfeites que lembram o Natal. Fiquei feliz porque o Lucas conseguiu concluir que a estrela na porta simboliza a que indicou aos magos o caminho para Belém, e as trombetas lembram os anjos que anunciaram o nascimento de Jesus. Nessa área de compreensão de textos ele é muito bom, felizmente. Por isso, gosto de estudar a lição da Bíblia com ele.
Estamos nos preparando também para viajar e atravessar alguns estados, para estar com a bisavó e as tias e primos no Natal.
São os procedimentos de fechamento do ano.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Cantata de Natal

A mãe de uma aluna, que é dirigente do ministério infantil na igreja que frequenta, convidou-me para participar de um recital de Natal.
Estive lá ontem e presenciei a narração do nascimento de Jesus, conforme conta a Bíblia, com encenação por várias crianças. Havia cortinas dividindo os cenários. E, conforme se abriam, aparecia um cenário novo, como as colinas com pastores, o céu estrelado, a manjedoura em Belém. Notei que alguns detalhes foram cuidadosamente planejados, como o desaparecimento dos anjos que deram a notícia aos pastores, em que uma névoa os envolvia. 
Os corais, alguns com crianças bem pequenas, se apresentaram e uma jovem menina ao piano acompanhava a irmãzinha menor no violino, junto com um coleguinha na flauta.
Também alguns adultos se apresentaram, cantando ou tocando instrumentos, concluindo-se as apresentações musicais, antes do sermão, com uma orquestra de cordas muito linda, de uma igreja próxima, composta por juvenis e adultos.
Já em casa, agradeci a essa mãe o convite que me estendera e elogiei o evento, quando ela me disse que organizava essas apresentações para que ficassem marcadas na infância das crianças que dirige.
Com certeza, há que ter especial atenção nas atividades em que se ocupam as crianças. E, como pensa essa diretora do ministério das crianças, elas estão bem quando estão louvando a Deus.

domingo, 27 de novembro de 2016

Orquestra de cordas




Estou feliz em progredir, embora não muito rápido na minha aprendizagem de violino. Agora tenho a oportunidade de participar de uma orquestra de cordas formada por alunos e professores da Escola de Música. A mais recente apresentação foi sexta-feira à tarde, dia 25.11, na Biblioteca da Universidade Católica de Brasília.
Como sempre, o Claudio me acompanhou. O local é muito agradável e nossa apresentação encerrou o ciclo deste ano das sextas musicais na Biblioteca.
Aqui estão algumas fotos e vídeos.  Estou continuando a estudar para as provas e próximas apresentações.
Boa nova semana a todos!



domingo, 20 de novembro de 2016

Consciência Negra


Hoje,  Dia Nacional da Consciência Negra, constante nas escolas como data comemorativa, feriado em vários municípios, destinado a enfatizar a imagem do negro, um dos componentes da cultura brasileira. A data lembra a morte do líder negro Zumbi dos Palmares, em 1695.
Encontrei no livro de reflexões destinado a jovens as seguintes palavras, da autora Cecília Nascimento:
"Infelizmente, o ser humano tende a desprezar aquilo que considera diferente, e as chamadas minorias são vítimas de preconceito desde os tempos antigos. O mais interessante é que, se você parar para pensar, as minorias, na verdade, acabam sendo a maioria. Quer saber como? Somando o número de negros, mulheres, índios, idosos e crianças restarão apenas os homens brancos, a verdadeira minoria. Isso mostra como o preconceito é sem sentido. Todos merecem o mesmo respeito, inclusive as pessoas brancas. (...)
Não há espaço para o preconceito no grupo dos remidos. Apocalipse conta que ele é formado por pessoas de todas as nações, tribos, etnias e línguas; por negros e brancos, mulheres e homens. Convido você a fazer hoje uma reflexão profunda e sincera. Existe algum preconceito que ainda encontra lugar em seu coração? Peça a Deus que o elimine com seu poder. Para fazer parte do diversificado grupo dos remidos, você deve se familiarizar hoje com todos os filhos de Deus, independentemente de etnia, sexo ou cor." (Nascimento, Cecília E. Inspiração Juvenil - De olho no prêmio. Tatuí, SP, CPB, 2015.)
Estendo a vocês, queridos leitores, o convite da autora: precisamos nos familiarizar com todos os filhos de Deus, independentemente de etnia, sexo ou cor.





domingo, 13 de novembro de 2016

Primeiras imagens do Natal

Ontem meu neto mais velho, juntamente com a namorada,  me levou ao shopping à noite, para comprar um presente para uma outra netinha. Observei a decoração de Natal pela primeira vez neste ano. Havia no centro do prédio uma grande árvore de Natal vermelha que se erguia pelos dois andares. 
No andar de baixo, junto à árvore, várias caixas com laços, simulando presentes e, dentro delas, eram visíveis atraentes brinquedos.
As pessoas tiravam fotos em frente à decoração, como eu fiz, e prosseguiam satisfeitas no passeio, muitas já levando sacolas com presentes e outras na praça de alimentação, experimentando as delícias oferecidas.
Ao olhar a decoração com as caixas de presentes, ninguém parecia lembrar, mas o Natal é a data cristã que recorda: "Um menino nos nasceu, um filho se nos deu e seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz."
O grande motivo da data é o presente divino para a humanidade - o menino Jesus.


segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Mês do aniversário do blog e agradecimento

No início do mês, não registrei o aniversário do blog Viver. Este blog tem o objetivo de comentar, do ponto de vista cristão, os acontecimentos do dia a dia e está completando sete anos no mês de novembro.
A propósito, hoje recebi  o link de um post que não havia ainda visitado, com uma mensagem homenageando este blog - Viver. Agradeço à Rosélia, do Interação Fraterna e Espiritual-Amizade, pelo post Celina !
Gosto de interagir com os colegas blogueiros e, neste intuito, participo de algumas blogagens coletivas. Creio que  a internet é um ótimo espaço para trocarmos ideias e confraternizarmos.






sábado, 5 de novembro de 2016

Brincando com a Chica





Palavra de hoje, na BC Brincando com a Chica - pessoal.

Minha frase, indo nas águas da criadora da BC:

Também feliz  encontrando aqui o pessoal amigo!

Tenham ótimo fim de semana e nova semana!